Casa de Repouso

 
A Casa de Repouso Magui, com o Alvará nº 19/2005, tem vindo a desenvolver-se no sentido de garantir o bem-estar e conforto dos utentes, apostando essencialmente na prevenção e na dignificação de cuidados até ao final da vida.

Situa-se no centro de Lisboa, junto ao Campo Pequeno, e possui quartos duplos e individuais, com ventilação e luz natural, e adaptados para pessoas com mobilidade reduzida.

Tem uma equipa multidisciplinar constituída por um Médico, Diretora Técnica, Enfermeiros, Psicóloga, Animadora, Fisioterapeuta, para além de vários Auxiliares de Ação Direta.
 
 
 
 
 

Missão

 
A Casa de Repouso Magui é uma estrutura residencial, que se destina a proporcionar serviços temporários e/ou permanentes adequados à problemática biopsicossocial das pessoas idosas, proporcionar alojamento de forma a garantir aos utentes uma vida confortável e de qualidade, garantir a prestação de todos os cuidados adequados à satisfação das suas necessidades, designadamente alimentação, cuidados de higiene, e conforto, de ocupação, médicos e de enfermagem, tendo em vista a manutenção da sua autonomia, e fomentando o exercício pleno dos seus direitos, tornando-os cidadãos em toda a plenitude.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

VALORES

 
Os princípios e valores em que se assenta o cuidar do residente em acolhimento residencial na Casa de Repouso Magui tem a sua génese nos direitos fundamentais que devem ser promovidos e garantidos a todos os residentes, famílias, colaboradores e, dirigentes.
Deste modo, a Casa de Repouso Magui fundamenta-se nos princípios das Nações Unidas para o idoso (resolução 46/91, aprovada na Assembleia Geral das Nações Unidas de 16 de Dezembro de 1991):

- Independência,
- Participação
- Assistência
- Autorrealização
- Dignidade